Monatran - Movimento Nacional de Educação no Trânsito

RSS

Enquete

Você aprova a implantação imediata do Transporte Marítimo na Grande Florianópolis?

Notícias

Número de motoristas embriagados multados bate recorde em SC

26/8/2019

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou mais um triste recorde no penúltimo fim de semana de agosto (dias 24 e 25). Durante ação de fiscalização para coibir o consumo de bebidas alcoólicas e direção, a PRF flagrou e autuou 371 condutores embriagados, superando o número atingido no fim de semana de 17 e 18 de agosto, quando foram 325 autuações.

Foram realizadas fiscalizações em vários pontos do estado nas noites e madrugadas do fim de semana (dias 24 e 25), com reforço de equipe policial. Entre as cidades que se destacaram negativamente no número de flagrantes, estão São José, Joinville, São Miguel do Oeste, Araquari e Mafra. “O resultado foi um número absurdo de motoristas flagrados dirigindo sob efeito de álcool. No final de semana passado o número de motoristas embriagados já tinha sido extremamente alto (325), mas esse final de semana foi surpreendente”, salientou a PRF.

Somente em São Miguel do Oeste, entre a madrugada da sexta para sábado (dias 16 e 17), foram 35 motoristas embriagados abordados. Já na madrugada do sábado para domingo foram 57, totalizando 92 abordagens por embriaguez ao volante.

“O álcool é causa de acidentes de trânsito graves, violência doméstica e brigas. Infelizmente o consumo de álcool ainda é visto com normalidade pela sociedade. As famílias precisam dar exemplo a seus filhos e se posicionarem contra a mistura de álcool e direção”, pontuou a PRF.

Punição

Dirigir sob o efeito de álcool é considerado infração gravíssima. O motorista tem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa por 12 meses e ganha multa no valor de R$ 2.934,70. Se o motorista for flagrado dirigindo embriagado de novo, dentro de um ano, a multa é dobrada e a CNH pode ser cassada.

Embriaguez ao volante ainda pode ser considerado crime de trânsito se o motorista for flagrado pelo bafômetro com concentração igual ou superior a 0,3 mg de álcool por litro de ar, ou de 0,6 g/l no sangue. Nestes casos, o motorista é encaminhado para a delegacia de Polícia Civil.

NOTA DO EDITOR: Parabenizamos as ações da PRF e torcemos para que elas sejam cada vez mais constantes. Não é possível que tantos mal motoristas continuem a correr sérios riscos dessa maneira e o pior: colocar a vida de tantos outros inocentes em risco.

Leia on-line ou cadastre-se para receber o jornal em sua casa.

Fale Conosco: (48) 3223-4920 | (48) 99981-1015 ou pelo e-mail contato@monatran.org.br.