Monatran - Movimento Nacional de Educação no Trânsito

RSS

Enquete

Você aprova a implantação imediata do Transporte Marítimo na Grande Florianópolis?

Artigos

Gratidão

janeiro/2020 - Roberto Alvarez Bentes de Sá

Sem dúvida alguma, a gratidão é um dos sentimentos mais nobres do ser humano. Reconhecer o benefício prestado por outro alguém em seu favor rompe o egocentrismo egoísta comum a maioria das pessoas e, afirmam alguns especialistas, seria o segredo para a felicidade tão almejada pela complexa espécie Homo Sapiens.

Lamentavelmente, embora esteja na moda estampar a palavra “gratidão” nas roupas, peças de decoração e até mesmo nas redes sociais, a verdade é que parece estar cada vez mais raro encontrar quem queira assumir de fato uma atitude grata. Quando pensamos no âmbito político então, fica pior do que encontrar agulha no palheiro. A maioria parece querer os louros só pra si e dividir os méritos com outro alguém parece estar fora de questão.

Há poucas semanas, fomos todos testemunhas de um momento histórico para o povo catarinense: a chamada “reabertura” da Ponte Hercílio Luz, que atraiu milhares de pessoas para ver de perto o maior símbolo do nosso Estado. Que emoção! Atravessar por cima daquela estrutura há tanto tempo fechada ao público, poder tocar nas tão faladas barras de olhal, tentar imaginar como deve ter sido a ocasião de sua inauguração no início do século passado... tocou no fundo da alma! Um dia para ficar guardado na memória pra sempre!

Porém, como nem tudo são flores, neste mesmo momento esplêndido, também fomos testemunhas da mesquinharia de alguns políticos catarinenses e até mesmo da imprensa local que simplesmente ignorou tudo o que foi feito em prol desta obra pelo inesquecível Luiz Henrique da Silveira. O homem que tornou esta reforma um processo irreversível, iniciando os trabalhos e garantindo recursos para sua continuidade.

Obviamente, não queremos tirar os méritos de ninguém por esta grande vitória. Sabemos da dedicação do ex-governador Raimundo Colombo, que merece toda nossa gratidão e respeito, pelo esforço em dar continuidade ao prometido ao nosso inesquecível LHS. Reconhecemos o empenho do atual governador Carlos Moisés em concluir a obra já no início do seu mandato. Todavia, lamentamos o fato de a maior expressão política de Santa Catarina ter sido esquecida em um momento tão singular. Justo ele, que tanto fez por esta Ponte, que tanto se preocupava em preservar a história de nosso Estado, com obras cuidadosas de restauro, assim como a Catedral Metropolitana de Florianópolis, que infelizmente não foi abraçada pelos ex-governadores, em sua última fase, apesar das inúmeras promessas.

Enfim... nossas autoridades e colegas jornalistas perderam a oportunidade de expressar toda a gratidão merecida àquele que tanto fez para que esta “reabertura” fosse possível. De qualquer maneira, não poderíamos concluir este artigo sem parabenizar a todos que de forma direta ou indireta nos proporcionaram este dia memorável.

Mais do que um símbolo histórico, estamos ansiosos pelo momento em que a velha senhora irá voltar à sua função original e contribuirá para a melhora da mobilidade na Grande Florianópolis. Parabéns e muito obrigada!

rabsa.jpg

Roberto Alvarez Bentes de Sá
Presidente do MONATRAN – Movimento Nacional de Educação no Trânsito

Leia on-line ou cadastre-se para receber o jornal em sua casa.

Fale Conosco: (48) 3223-4920 | (48) 99981-1015 ou pelo e-mail contato@monatran.org.br.